Buscar

Carregando...

Páginas

TORÇO-TURBANTE

O turbante (do persa dulband, em turco tülbent) consiste em uma grande tira de pano enrolada sobre a cabeça, e de uso muito comum no Oriente Médio, principalmente entre os muçulmanos.
A origem do turbante é desconhecida, mas sabe-se que já era usado no Oriente muito antes do surgimento do islamismo.
Em África, as inúmeras formas de amarrar o turbante representam uma espécie de linguagem popular, podendo indicar a posição social, a tribo a que a pessoa pertence e até mesmo o seu humor naquele momento. O uso mais intensivo do turbante se estende por toda a África e Ásia.





O Ojá é um tipo de torço ou turbante usado na cabeça nas religiões de origem africana, podendo ser de vários tipos e cores.





Mãe Stella.







Existem turbantes mais trabalhados, com formas mais definidas que são os turbantes feitos com ajuda do alfinete ou presílias. Faz-se a base ajustando a cabeça e com a sobra do tecido, trabalha-se dando a forma desejada. O segredo é elevar o tecido, formando um turbante alto e bonito.



















TURBANTE ABERTO







TURBANTE FECHADO





Os turbantes também são usados pelas mulheres ocidentais, como um acessório de moda. Na década de 1960 eles foram bem populares, mas não eram amarrados da mesma forma que os dos homens, presos à frente da cabeça. Usando longos lenços, elas primeiro amarravam as pontas à frente da cabeça e, a seguir, passando as pontas pela testa, as prendiam na nuca.

















3 comentários:

Isa Oliver

Parabéns! Td mt lindoooo como teu trabalho, e de nos deixar lindas com suas criações rs*.
Amei a matéria dos Turbantes.


Bjs, Axé e um Forte Abraço Negro.

Aline Soares

Faltou uma foto minha!kkkkkkkkkkk Amei! Tudo de bom! Vamos fazer quando uma materia sobre amarração?

Eliane

Que delícia esse blog !!!!! adorei a matéria dos turbantes detalhe ,já estou usando e foi um sucesso até o posto de negra mais linda da bahia eu ganheiii..srrsrsrrss...parabéns pelo seu trabalho negahhhhh..bjussss

Eliane ( Rainha Africana)

Postar um comentário